Jornada da Informática 2020 – Edição on-line

O texto a seguir é uma transcrição da publicação do Jornal Tribuna de 02 de agosto de 2020.

Jornada da Informática movimenta estudantes da Etec em aulas online

A Etec (Escola Técnica Estadual) ‘João Maria Stevanatto’ promoveu, na última semana, mais uma edição da Jornada da Informática. Em razão da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), todas as atividades foram realizadas a distância, por meio de plataformas digitais.

O coordenador do ETIM (Ensino Técnico Integrado ao Médio) Desenvolvimento de Software, Júnior Gonçalves, destacou a preocupação em diversificar o assunto das palestras, com a participação de profissionais da área de tecnologia e também de outros segmentos de interesse dos alunos. Organizada com o objetivo de complementar a formação profissional dos estudantes, a iniciativa foi aprovada pelo corpo discente.

“Os alunos gostaram bastante das palestras, pois além dos aspectos técnicos de cada área, os palestrantes compartilharam experiências pessoais nas quais os alunos se identificaram e puderam refletir sobre. Além disso, uma vantagem da jornada este ano ser online é que foi mais fácil trazer palestrantes de outras cidades, como Campinas e São Paulo”, frisou.

A programação contou com a participação dos seguintes profissionais: Fernanda Avancini, advogada e professora no Uniesi (Centro Universitário de Itapira); Felipe Gracini, analista de sistemas no Laboratório Cristália; Luciana Sato, desenvolvedora web na Beyoung, em São Paulo; Beatriz Machado, analista de marketing na Triumph TRX, em Campinas; e Gabriel Favoretto, ex-aluno do ETIM e atualmente programador de sistemas na K2 Partnering Solutions.

Ao longo da semana, os alunos também tiveram momentos de descontração com gincanas e competições. Melhor vídeo TikTok e quiz de conhecimento gerais foram algumas das atividades realizadas. Porém, a gincana “Tem na Minha Casa” foi a que mais movimentou e divertiu os alunos. Inspirado no antigo quadro “Gugu na Minha Casa”, do programa Domingo Legal (SBT), os estudantes tiveram que usar o celular para tirar fotos de objetos como, por exemplo, uma frigideira. Quem enviasse primeiro a foto ganhava um ponto na gincana e muitos os familiares se juntaram na brincadeira.

A Jornada da Informática deste ano foi marcada especialmente pelas lives musicais. A ideia surgiu do coordenador de curso, que organizou a transmissão ao vivo no Instagram para que os músicos José Jânio e Helen Muniz pudessem se apresentar. Entre a nostalgia do Legião Urbana e a poesia do Teatro Mágico em forma de música, as lives propiciaram momentos descontração, relaxamento e reflexão para todos aqueles que apreciam uma boa música.

Segundo Gonçalves, a avaliação dos resultados foi muito positiva. “O conteúdo abordado em todas as palestras superou demais as expectativas, e com certeza os alunos lembrarão durante muito tempo o que eles aprenderam com os palestrantes nessa Jornada da Informática. Além disso, estou muito satisfeito também com as atividades recreativas que realizamos, pois nossos alunos merecem um pouco de diversão pelo tanto que estão se esforçando neste novo cenário de aula online que fomos obrigados a adotar”, concluiu.

Recorte da publicação no Jornal Tribuna de Itapira sobre a Jornada da Informática

Os bastidores da Jornada da Informática

A limitação física imposta pela pandeia do covid-19 favoreceu – e muito – para que as atividades da Jornada da Informática deste ano fossem mais produtivas, dinâmicas e com aquela boa dose maluquice que meus alunos estão acostumados.

Palestras

Programação da Jornada da Informática

O nível das palestras foi estratosférico! Não apenas pelo conteúdo profissional que os palestrantes trouxeram, mas também pelas lições de vida que deram ao compartilhar algumas das suas experiências pessoais. Agradeço imensamente aos palestrantes que, além do seu tempo, doaram também um pouco de si para ensinar e motivar os meus alunos.

Muito obrigado Fernanda, Felipe, Luciana, Beatriz e Gabriel! Vocês foram sensacionais!!!


Competições e Gincanas

As competições e gincanas não tiveram a adesão que eu esperava. Porém, mesmo assim, valeu a pena por aqueles alunos que participaram e se divertiram.

Segue resumidamente como foi cada competição e gincana:

Competição de “Melhor Meme”: Os alunos tiveram que criar um meme utilizando sua própria foto. Poderia até ser inspirado em outro meme, mas era obrigatório utilizar uma foto dele mesmo.

Competição de “Melhor TikTok”: Os alunos tiveram que criar um vídeo no aplicativo TikTok e postá-lo na plataforma Teams para todos assistirem.

Competição de “Melhor Investidor”: Os alunos tiveram que escolher uma empresa que faça parte do índice Bovespa e justificar por que essa empresa seria um bom investimento no curto prazo. Utilizando um simulador de home broker foi “comprado” uma quantidade de ações de cada empresa e, após uma semana, foi analisado qual aluno obteve maior percentual de lucratividade.

Gincana “Tem na Minha Casa”: Durante uma videochamada os alunos tiveram que tirar fotos de objetos como, por exemplo, uma frigideira. Ganhava um ponto na gincana o aluno que enviasse primeiro a foto no Teams.

Gincana “Quiz de Conhecimentos Gerais”: Durante uma videochamada os alunos tiveram que responder perguntas sobre conhecimento gerais. Ganhava um ponto o aluno que escrevesse primeiro a palavra corretamente no chat do Teams.

Gincana “Quem é o professor?”: Durante uma videochamada foi exibido para os alunos algumas imagens e eles deveriam adivinhar qual professor ela representava. A imagem poderia ser uma foto de criança ou algum hobby dos professores.

Os vencedores das competições de melhor meme, melhor TikTok e melhor investidor estão publicado no Instagram @etec_jms_etim_ds


Lives Musicais

O maior desafio dessa Jornada da Informática foi, com absoluta certeza, fazer as lives musicais. Primeiro pela inexperiência técnica de organizar uma transmissão ao vivo com uma qualidade de som aceitável; segundo, pela timidez diante de uma câmera que fui obrigado a superar.

Vencer este desafio técnico e pessoal proporcionou-me uma experiência que nunca imaginei que teria ocupando um cargo de professor. As lives com os músicos José Jânio e Helen Muniz foram momentos super agradáveis, divertidos e inesquecíveis. Muito obrigado Jânio e Helen! Vocês foram sensacionais também!!!!

Lives Musicas da Jornada da Informpatica

Para nossa sorte o Instagram permite a gravação das lives. Então, caso alguém deseje conferir como foram essas lives, basta acessar o perfil @etec_jms_etim_ds

E assim foi a Jornada da Informática 2020.

Jornada da Informática 2020 – Edição on-line
Rolar para o topo