O advento dos blogs

A internet já faz parte da vida de milhões de pessoas, não sendo mais possível imaginar um mundo no qual possamos viver sem acessar e-mails, ler notícias, conversar no MSN, compartilhar no Twitter, postar no Facebook, pesquisar no Google, etc. E, dentro desse “mundo” já consolidado, surge uma nova forma de comunicação, chamada de blog, que cresce cada vez mais e que muitas pessoas ainda não conhecem.

Mas o que são os blogs?

Um blog é na verdade um site, mas com a grande vantagem de poder ser atualizado por qualquer pessoa com um mínimo de conhecimento técnico. Há atualmente diversas ferramentas disponíveis na internet para essa finalidade, e inclusive algumas delas são grátis e oferecem recursos para publicação de conteúdo de forma fácil e rápida.

Apesar da grande maioria das pessoas utilizarem essas ferramentas para criarem “diários virtuais”, o crescimento desse mercado tem atraído profissionais dos mais variados segmentos para divulgar seus produtos e aproximar-se do seu cliente.

O diferencial dos blogs para as velhas mídias como, por exemplo, a TV, o rádio e o jornal, é que a comunicação deixou de ser unilateral para ser bilateral, ou seja, não funciona mais com uma pessoa falando/escrevendo enquanto a outra somente ouve/lê. No mundo dos blogs, mais conhecido por blogosfera, o consumidor (leitor/internauta) passou também a expor sua opinião a respeito de qualquer assunto, podendo publicá-la em seu próprio blog ou no de terceiros, na forma de comentários.

 

Porque você deve criar um blog

Segundo o IBOPE Nielsen Online, o número de usuários ativos na internet brasileira chegou, no mês de setembro de 2011, a 78 milhões, e se tornou o terceiro maior veículo de comunicação no Brasil, estando atrás apenas da TV e do rádio.




Na contramão desses números, uma pesquisa realizada recentemente pelo site Technorati (http://technorati.com), que é o maior agregador de blogs de mundo, mostrou que mais da metade dos blogueiros são norte-americanos (Estados Unidos e Canadá). Em segundo lugar na pesquisa, apareceram os europeus, e o nosso querido Brasil, que entra na contagem da América Latina, possui uma participação muito pequena. Acompanhe no gráfico abaixo como estão distribuídos os blogueiros ao redor do mundo, segundo o Technorati.

Pesquisa Blogosfera 2011
Pesquisa State of the Blogosphere 2011 segundo o Technorati

Fonte: http://technorati.com/social-media/article/state-of-the-blogosphere-2011-introduction/

Os blogueiros brasileiros estão representados na cor roxa, juntamente com os demais países da América Latina.

Com base nessas duas pesquisas realizadas respectivamente pelo IBOPE Nielsen Online e pelo Technorati, podemos observar e supor que no atual momento há uma pequena oferta de blogs em português para atender a crescente demanda de internautas no Brasil. Utilizei a palavra “supor” ao invés de “concluir”, por que esta última seria demasiadamente muito forte para afirmar isso, mas, pela minha experiência dos últimos anos estudando sobre blogs, posso afirmar que na blogosfera brasileira ainda há muito espaço para bons blogueiros.

 

Principais vantagens de você ter um blog

  • Facilidade para criar e atualizar – Há disponível na internet várias ferramentas de gerenciamento de conteúdo, que permitem a você criar, configurar e personalizar seu blog em poucos minutos;
  • Baixo investimento – Registrar um domínio e contratar um serviço básico de hospedagem custa algo em torno de R$ 18,00 mensais. Mas há também excelentes opções de serviços gratuitos, embora estes não sejam aconselháveis para blogs cujo objetivo seja comercial e/ou profissional;
  • Oportunidade de ser um formador de opinião – Através de um blog é possível alcançar uma enorme audiência e expor suas ideias, opiniões e trabalhos. Se você tem algo a dizer que seja interessante, divertido ou digno de atenção, um blog é uma ótima oportunidade para compartilhar isso;
  • Espaço para oferecer e receber ajuda – A Blogosfera é um ambiente propício de interação para quem deseja trocar experiências com pessoas de interesses em comum. Oferecer e receber ajuda é algo natural nas pessoas que procuram por um blog;
  • Vitrine profissional – Qualquer que seja a sua área de atuação profissional, ter um blog para compartilhar seus conhecimentos pode ser uma excelente forma de divulgar seus trabalhos. Muitos profissionais utilizam um blog para expor no mercado seu currículo, apresentação ou portfólio.
Coordenador de curso na Etec de Itapira, pós-graduado em desenvolvimento de sistemas web e professor nos cursos de Administração e Técnico em Informática para Internet. Nerd por vocação e blogueiro por opção, é autor do livro “Diário de um Blogueiro” e dos blogs Neurônio 2.0 e Hiperbytes.

2 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns pelo seu excelente material!!
    Gostaria de lhe perguntar como poss obter maiores informações ou ferramentas que me auxiliem na escolha do nicho correto para meu Blog pois gostaria de desenvolver uma atividade rentável na net. Pelo que estudei até aqui, o Blog é o início de tudo.
    Obrigado
    Fabricio.

  2. Olá Fabrício!

    Obrigado! Fico feliz que tenha gostado do meu trabalho aqui no Hiperbytes.

    Concordo com você de que um blog é o início de tudo para começar uma atividade rentável na web. O blog em si não gera muita renda, mas é em torno dele que movimentamos uma comunidade interessada em consumir produtos e/ou serviços que realmente gera renda. Eu, por exemplo, criei alguns blogs há algum tempo e este ano comecei a vender um e-book chamado “Diário de um Blogueiro”. Não dá para ficar rico, mas já é uma grana extra no fim do mês e uma enorme satisfação de ver um projeto como este pronto.

    Na internet você consegue muita informação sobre como criar um blog rentável, mas devemos ter cuidado (e paciência) para encontrar blogueiros que realmente sabem o que estão dizendo. Nesse caso, recomendo o blog Escola Dinheiro do Paulo Faustino que tem sido um grande mestre na arte de blogar e, é claro, recomendo também o meu e-book “Diário de um Blogueiro” no qual você encontrará tudo o que aprendi, errei e conquistei com os meus blogs.

    Abraços,
    Júnior Gonçalves

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here