Leis da Gestalt no web design

O psicólogo austríaco Christian Von Ehrenfels criou em 1890 uma teoria originalmente chamada de Gestaltpsychologie, que mais tarde foi estudada e aprofundada pelos alemães e passou a ser conhecida como as Leis da Gestalt. A palavra Gestalt é um termo que não há uma tradução específica, mas pode ser entendida como forma, aparência ou figura.

A teoria consiste nas observações sobre o fenômeno da percepção visual, que considera que fatores como equilíbrio, clareza e harmonia das formas que vemos, contribuem para a melhor estruturação dessas imagens em nosso cérebro, por atenderem a padrões de organização desenvolvidos pelo sistema nervoso. Podemos citar aqui que a frase “o todo é maior que a som das partes”, que como veremos mais adiante, exemplifica muito bem a teoria.

As Leis da Gestalt são utilizadas com muita frequência em várias áreas do conhecimento humano como arquitetura, moda e arte. Mas, as áreas que vem ganhando destaque nesta ciência são as áreas de design gráfico e web design, pois os princípios básicos da Gestalt podem influenciar diretamente na criação do design, ajudando as pessoas a assimilarem informações e entenderem melhor as mensagens que são passadas.

As principais Leis da Gestalt são:

  • Proximidade;
  • Semelhança;
  • Continuidade;
  • Fechamento;
  • Experiência.

Lei da Proximidade diz que elementos que estão próximos uns dos outros se agrupam entre si e são percebidos como uma única unidade.




Lei da Semelhança diz que objetos semelhantes tendem a se agrupar, podendo essa semelhança ser na cor, forma ou tamanho.

Lei da Continuidade diz respeito ao alinhamento de elementos que produzem um conjunto harmônico e passam a impressão de que os elementos estão relacionados.

Lei do Fechamento diz que nossa mente interpreta um objeto completo simplesmente se os elementos parecerem se agrupar.

Lei da Experiência diz que nossa experiência passada favorece a compreensão e associação de objetos incompletos, desde que nossa consciência tenha conhecimento de sua existência.

Coordenador de curso na Etec de Itapira, pós-graduado em desenvolvimento de sistemas web e professor nos cursos de Administração e Técnico em Informática para Internet. Nerd por vocação e blogueiro por opção, é autor do livro “Diário de um Blogueiro” e dos blogs Neurônio 2.0 e Hiperbytes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here