Diferença entre Webdesigner e Webmaster

No artigo de hoje achei interessante esclarecer uma dúvida muito recorrente das pessoas, inclusive de muitas que são do meio da informática, que é a diferença entre webdesigner e webmaster. Espero que ao fim do artigo o leitor possa compreender as caraterísticas e o campo de atuação de cada profissional e assim (no caso dos interessados pela área), você possa saber os caminhos que deverá perseguir para tornar-se um webdesigner, um webmaster ou ambos.

Nos primórdios da internet, quando tudo feito basicamente por tags HTML e algumas imagens, as pessoas responsáveis por criarem e manterem os sites eram chamadas de webmasters. No entanto, naquela época os sites não possuíam a complexibilidade que temos hoje e, como administrar um site sozinho tornou-se uma tarefa impossível, o termo webmaster caiu em desuso e a responsabilidade de criar, manter e divulgar um site é, na maioria das vezes, dividida entre uma equipe de profissionais de várias áreas como design, marketing, desenvolvimento, publicidade, jornalismo, etc.

Como o nosso objetivo é abordar o desenvolvimento web, concentraremos apenas nas duas primeiras fases do desenvolvimento de um site: o design de interface e o desenvolvimento de interface. Esses nomes são muito utilizados em grandes empresas de desenvolvimento de sites, pois pela dimensão que dos projetos que eles trabalham, é preciso que as tarefas sejam dividas e fique uma ou mais pessoas sejam responsáveis por determinada parte do projeto.

A princípio temos a ideia de que design de interface e desenvolvimento de interface são a mesma coisa, porque os nomes não ajudam a distinguir uma função da outra, por isso que para melhor entendimento, utilizaremos respectivamente as nomenclaturas de webdesigner e webmaster para diferenciar os diferentes tipos de profissionais que atuam na criação e no desenvolvimento de um site._

Webdesigner




Webdesigner é um profissional de design especializado no desenvolvimento de projetos visuais em interfaces para internet e dispositivos digitais. Geralmente o início do projeto começa na “cabeça” do webdesigner com a criação do design de interface, que nada mais é que um desenho conceitual da aparência do site muito antes de se pensar em codificação HTML/CSS. Para essa função, o webdesigner necessita ser criativo, ter um excelente senso estético e dominar várias áreas de conhecimentos como teorias das cores, tipografia, usabilidade, gestalt, história da arte, arquitetura da informação, etc. Essa variedade e quantidade de conhecimentos garantem que o webdesigner tenha subsídios necessários para criar sites agradáveis, com visual de leitura confortável e de fácil navegação para o usuário.

Em termos de software, o webdesigner comumente utiliza o Adobe Photoshop, Ilustrator e Fireworks para criação e edição de imagens e também o Corel Draw para trabalhar com imagens em vetoriais. Todos esses softwares necessitam de licenças que não são muito baratas, mas em contra partida oferecem uma variedade de ferramentas, filtros e controles que garantem um desempenho e bom aproveitamento na aplicação das técnicas de design.

A imagem abaixo mostra um print do software Fireworks, uma das ferramentas utilizadas por webdesigners na criação e edição de layout.

Fireworks – software utilizado para criação e edição de imagens e layouts

Em resumo, podemos dizer que o webdesigner é o responsável pela criação do efeito visual e da identidade que represente a marca, objetivos ou a mensagem que o site quer oferecer os seus usuários.

Webmaster

WebmasterAntigamente o webmaster era visto como um profissional responsável por toda a elaboração e manutenção de um site. Embora, como já dissemos antes, esse conceito esteja um pouco defasado, iremos utilizá-lo para descrever o profissional que trabalha com o desenvolvimento de interface.

O webmaster é o profissional que tem por finalidade transformar o trabalho do webdesigner na codificação necessária para que o site possa ir para a internet. Para isso, o webmaster precisa atualizar-se constantemente sobre as novas tecnologias que predominam no mercado web para desenvolver seu trabalho de forma consistente e moderna.

Herdados da época em que o webmaster era o único responsável pelo site, algumas tarefas de administração ainda são normalmente de responsabilidade dele, como por exemplo, a configuração de servidores de hospedagem e a instalação de ferramentas para manutenção no site. Mas, além dessas tarefas o webmaster possui um papel muito mais importante que é o desenvolvimento da interface com base no layout criado pelo webdesigner e para isso, o webmaster precisa conhecer dominar várias linguagens de marcação, como por exemplo o HTML (HyperText Markup Language – Linguagem de marcação para hipertexto)  e a CSS (Cascading Style Sheets) – Folhas de estilo em cascata.

As imagens abaixo mostram duas ferramentas utilizadas respectivamente nas tarefas de hospedagem e codificação HMTL

FileZilla
FileZilla – software para transferência de arquivos para o servidor
ferramentas do webmaster - dreamweaver
Dreamweaver – software de edição de códigos HTML/CSS

Em resumo, podemos dizer que o webmaster é o responsável por desenvolver o sie que o usuário irá utilizar. Por isso, ele deve preocupar-se com características como rapidez de carregamento, facilidade de manutenção, acessibilidade e se seu código atende os padrões web exigido nas diretrizes da W3C*.

W3C (World Wide Web Consortium) – conjunto de empresas de tecnologia que desenvolvem padrões para a criação e interpretação dos conteúdos para web

O objetivo de artigo foi explicar as diferenças entre esses dois principais profissionais que normalmente estão em grandes empresas de desenvolvimento de sites, mas é fato que muitos profissionais freelancers (e me incluo nesse grupo) desenvolvem essas duas ou até mais funções no desenvolvimento dos seus sites ou blogs, e são genericamente chamados de webdesigners. Logicamente que cada pessoa tem um talento maior para determinada atividade e em raras exceções, uma pessoa que é um bom webdesigner, não será um bom webmaster e vice-versa. No entanto, isso nunca foi e nunca será impedimento para você e para ninguém trabalhar nas duas áreas em conjunto, basta ter vontade e determinação para correr atrás dos sonhos como eu que estou tentando fazer isso escrevendo sobre o assunto aqui no Hiperbytes.

Coordenador de curso na Etec de Itapira, pós-graduado em desenvolvimento de sistemas web e professor nos cursos de Administração e Técnico em Informática para Internet. Nerd por vocação e blogueiro por opção, é autor do livro “Diário de um Blogueiro” e dos blogs Neurônio 2.0 e Hiperbytes.

10 COMENTÁRIOS

  1. Quero apenas registrar o meu muito obrigado! O seu artigo foi bem objetivo e esclarecedor! É só assim, com pessoas que tem iniciativa de fazer algo melhor que o país vai pra frente!!!
    Continue escrevendo, os leigos agradecem!!!
    Valeu!!! : )

  2. Cara muito importante , obrigado por exclarecer mesmo como você informou infelizmente aqui no Brasil, nós que atuamos nesse perfil acaba aprendendo as duas area, mais porque nfelizmente não são valorizado e bem visto separadamente, em exessão as pessoas e empresas não sabem separar essas duas profissão.

  3. Muito bom me ajudou bastante a decidir qual are eu quero atuar
    Tenho 14 anos e trabalho no meu bairro criando e programando sites e
    Blogs

  4. Muito bom, gostaria de saber qual o profissional que cuida da segurança do site, da privacidade dos dados de seus clientes, da criptografia, dos logins e senha e etc…
    se alguém puder me informar, agradeço desde já!

  5. Acredito que o webmaster é também o profissional que está qualificado a instalar e gerenciar o WordPress ou qualquer outro gestor de conteúdo. Cito aqui por que não vi no artigo referência ao famoso e útil WordPress.

    Havendo a necessidade de uma ótima hospedagem de sites com bônus especiais pode contar comigo, abraços!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here