Minhas impressões sobre o Afiliados Brasil 2013

Tive o privilégio de participar na semana passada do primeiro evento sobre marketing de afiliados realizado em solo brasileiro: o Afiliados Brasil. Um evento que reuniu mais de 400 pessoas no Centro de Convenções Rebouças em São Paulo para três dias de palestras que acrescentaram aos participantes muito conhecimento de elevada qualidade e a oportunidade de fazer networking com blogueiros de todo o Brasil. Não tenho a pretensão de criar um artigo com a cobertura do evento, mesmo por que, por motivos pessoais não pude ficar até o fim do evento. Por isso, pretendo apenas comentar as minhas impressões sobre as palestras e atividades que mais chamaram a minha atenção.

 

Sobre o Afiliados Brasil 2013

Afiliados Brasil – Congresso Brasileiro de Afiliados 2013O Afiliados Brasil é um congresso brasileiro que tem como objetivo reunir não apenas blogueiros, publicitários e webmasters, mas também as empresas que oferecem os programas de afiliados para este público. Além de tornar mais transparente a relação entre publishers e afiliados, os organizadores do evento (Flávio Raimundo, Paulo Faustino e Rafael Rez) tinham como objetivo favorecer o compartilhamento de técnicas e estratégias para melhorar os rendimentos dos profissionais que atuam nesse mercado.

 

Primeiro dia do evento (30 de maio)

A abertura do Afiliados Brasil começou às 14hs com a palestra do Flávio Raimundo, um blogueiro que até então não conhecia, mas que simpatizei com ele na mesma hora pelo seu jeito humilde e debochado de falar. Depois de passar algumas orientações e dicas sobre como poderíamos aproveitar melhor o evento, ele discorreu sobre uma análise geral sobre o que é e como está o mercado de afiliados no Brasil.

Abertura do Afiliados Brasil 2013 com Flávio Raimundo
Abertura do Afiliados Brasil 2013 com Flávio Raimundo

Em seguida, tivemos duas apresentações de empresas que trabalham com programa de afiliados, o Luiz Campos apresentou o Cursos 24Horas e o Alexandre Bardieri, o UOL Cursos. Ambos falaram sobre as características desses programas de afiliados e responderam diversas dúvidas dos participantes a respeito de comissões, conversões, qualidade dos cursos, entre outros.

Além do conhecimento das palestras, o intuito da organização do evento era promover entre os participantes uma sessão de networking. Para isso, o coffee break foi montado em um espaço confortável e descontraído para os participantes confraternizarem e se conhecerem pessoalmente. Vale mencionar também a qualidade da comida, o pão de queijo e os salgadinhos estavam uma delícia, hummm…

Afiliados Brasil 2013
Afiliados Brasil 2013
Espaço Networking Afiliados Brasil
Espaço Networking Afiliados Brasil

No mesmo espaço do coffee break estavam também os estandes de dezenas de empresas de afiliados. O bacana aqui foi que pudemos conhecer e conversar pessoalmente com os representantes dessas empresas. Eu, por exemplo, aproveitei para conversar com o pessoal do Hotmart no qual está “hospedado” o meu e-book “Diário de um Blogueiro”, e também tirei algumas dúvidas sobre a atualização no site do programa de afiliados do Submarino.

Para minha surpresa, o representante que me atendeu no estande do Submarino foi o Jonny Ken, criador do site migre.me, que eventualmente participa do podcast do Jovem Nerd. Como admiro muito o trabalho dele, não poderia perder a oportunidade de pegar umas dicas sobre programação web e também de tirar uma foto com um nerdcaster.

 Jonny Ken
Eu e o Jonny Ken

De volta às palestras, ouvimos em seguida o fantástico depoimento do Anderson Chipak sobre como converter afiliados através de artigos otimizados. Além das suas dicas, ele teve a coragem de expor alguns dos seus ganhos mensais para confirmar a eficácia das suas estratégias. Não é todo dia que encontramos alguém disposto a revelar números assim.

Cassiano Travareli, eu e Anderson Chipak
Cassiano Travareli, eu e o Anderson Chipak
Vista geral da platéia no Afiliados Brasil 2013
Vista geral da platéia no Afiliados Brasil 2013

 

Segundo dia do evento (31 de maio)

O segundo dia começou com uma palestra do Paulo Lima, fundador do blog “Mundo das Tribos”, que contou sua história de empreendedor, enfatizando as dificuldades que passou e diversos erros que cometeu em seus projetos. Achei muito interessante a abordagem dessa palestra, pois me identifiquei com vários pontos que ele mencionou e, com certeza, foi uma história inspiradora para todos que desejam criar blogs de sucesso como o dele. Apesar da tremenda timidez, criei coragem para ir até o microfone e fazer uma pergunta sobre as notificações e punições que ele recebeu do Google Adsense.

Paulo Lima
Paulo Lima

Depois foi a vez da Aline Couto falar sobre o Facebook. Tal como ela fez no ExpOn 2011, tivemos uma palestra recheada de dicas para conseguir mais fãs no Facebook e como trabalhar os conteúdos para atrair a atenção do seu público alvo. O que admiro nas palestras da Aline é que ela mostra exemplos reais de campanhas nas quais ela trabalhou e o retorno que ela conseguiu com cada uma delas.

Acredito que vale mencionar também o inusitado episódio ocorrido durante a sessão de perguntas com a Aline. Um dos participantes quis saber qual era, na opinião dela, o melhor programa de afiliados. Com muita sinceridade e sem papas na língua ela respondeu de imediato: “Nenhum, é tudo ladrão! Não vou fazer propaganda de graça para ninguém”. Os aplausos calorosos confirmaram o quanto todos ali concordavam com ela, menos, é claro, o pessoal que estava divulgando e representando os programas de afiliados.

Aline Couto
Aline Couto

Na sequencia foi a fez do Pedro Dias falar sobre como fazer afiliação e sobreviver ao Google. O legal dessa palestra foi que o Pedro já trabalhou no Google e sua experiência na empresa torna ainda mais crível suas dicas de SEO focando a monetização do blog sem, no entanto, ser penalizado pelo Google. É exatamente como o Paulo Faustino disse: “Se o Pedro falou, está falado!”.

Pedro Dias
Pedro Dias

Falando nele, a próxima palestra foi com o Paulo Faustino abordando o tema geração de leads e conversões On-Site e Off-Site. Como sempre, o Paulo conseguiu surpreender a todos com suas estratégias agressivas para converter os seus programas de afiliados e gerar tráfego para o blog sem depender das buscas orgânicas do Google.

Tão quanto inusitado como a afirmação da Aline sobre o programa de afiliados, foi a resposta do Paulo quando o questionaram sobre a importância dos números do Google Analytics como a taxa de rejeição e o tempo de permanência do usuário no blog. Sem pestanejar por um segundo, ele afirmou que o que realmente importa é a conversão e o dinheiro no bolso, independente do que diz qualquer métrica de mensuração. E ele ainda continuou: “não me preocupo com números desse tipo, mas sim em vender, e venderia até meu irmão se ele deixasse.” Se não conhecesse o Paulo há tanto tempo, diria que ele é um mercenário de marca maior.

Paulo Faustino
Paulo Faustino
Eu e o Paulo Faustino
Eu e o Paulo Faustino

Uma empresa de afiliados que ainda não conhecia e que chamou muito a minha atenção foi a Zanox. Rodrigo Genoveze e Fernanda da Silva apresentaram a empresa, a plataforma de afiliados e as vantagens em se trabalhar com a Zanox. Acho que vale a pena investir um tempo e saber mais sobre a plataforma deles.

A palestra seguinte foi apresentada pelo português Manuel Lemos sobre Gamification, um conceito relativamente novo sobre como criar uma comunidade e gerar uma maior participação entre os usuários e o site.

Outra palestrante do ExpOn 2011 subiu ao palco, a Manuela Sanches da Enlink, que falou sobre link building para afiliados em tempos de Google Pinguim. Diversas dicas e estratégias foram apresentadas para conseguir links de qualidade e, consequentemente, ser mais bem classificado nos resultados orgânicos do Google.

Por fim, foi a vez do Marcos Lemos do Ferramentas Blog falar sobre Afiliados VS Editores, apresentando um panorama sobre o relacionamento entre publishers e afiliados, enfatizando a responsabilidade que cada um deve ter para ambos os lados atingirem os objetivos com a parceria de afiliação.

Terceiro dia do evento (1º de junho)

Por motivos pessoais não pude ficar no terceiro dia do evento e, é claro, não poderei falar sobre as palestras que não assisti. Então, segue agora minhas opiniões sobre o evento em uma pequena lista de pontos negativos e positivos.

 

PONTOS NEGATIVOS

  • Como já era de se esperar, a internet não funcionou. Pelo menos eu e mais umas cinco pessoas ao meu redor não conseguiram acessar com a senha individual que recebemos no credenciamento;
  • O atraso para começar no segundo dia atrapalhou bastante o horário do almoço e por essa razão quase cheguei atrasado à primeira palestra da tarde.

 

PONTOS POSITIVOS

  • A organização do evento foi fantástica! A localização favoreceu o deslocamento rápido e as diversas opções de alimentação nas redondezas ajudaram bastante;
  • Algumas pessoas não gostaram, mas a data escolhida (um feriado) para o evento foi muito importante para que eu pudesse participar. Se não fosse dessa forma, muito provavelmente não estaria lá;
  • O coffee break estava delicioso e o espaço preparado para networking foi muito bem pensado. Até eu que sou muito tímido consegui conhecer e conversar com outros blogueiros;
  • Não apenas pela organização do evento em si, mas, principalmente, pela diversidade e qualidade dos palestrantes fizeram do Afiliados Brasil 2013 o melhor evento que já participei.

 

Conclusão

Só tenho mesmo que agradecer aos organizadores (Paulo Faustino, Rafael Rez e Flávio Raimundo) e parabeniza-los pelo ótimo trabalho que fizeram. Todos os palestrantes que tive a oportunidade de ouvir apresentaram excelentes ideias, dicas e estratégias para todos que desejam ganhar dinheiros com seus blogs. Infelizmente, não pude estar presente no último dia, mas, só os dois primeiros dias já valeram o investimento da inscrição. Não tenho dúvidas de que no ano que vem estarei, com certeza, na próxima edição do Afiliados Brasil.

Coordenador de curso na Etec de Itapira, pós-graduado em desenvolvimento de sistemas web e professor nos cursos de Administração e Técnico em Informática para Internet. Nerd por vocação e blogueiro por opção, é autor do livro “Diário de um Blogueiro” e dos blogs Neurônio 2.0 e Hiperbytes.

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here